Mau tempo. Proteção Civil regista 316 ocorrências até às 22h00

“Entre as 00h00 e as 22h00 de hoje tivemos o registo de 316 ocorrências”, disse à Lusa o oficial de operações da ANEPC, acrescentando que no centro do país registaram-se 132 casos e, no norte, 86.

Segundo o responsável, as situações mais relevantes foram “quedas de árvores e estruturas, pequenas inundações e limpezas de vias”.

Uma das situações mais complicadas registou-se em Santarém, onde um fenómeno extremo de vento provocou, ao final da tarde, estragos em várias habitações na freguesia de Pernes, arrancou árvores e danificou postes de eletricidade e comunicações.

Fenómeno extremo de vento no concelho de Santarém danificou casas

Um fenómeno extremo de vento provocou hoje, ao final da tarde, estragos em várias habitações na freguesia de Pernes, no concelho de Santarém, disse à agência Lusa fonte da Proteção Civil.

Lusa | 20:14 – 09/03/2024

As ocorrências hoje registadas em todo o país mobilizaram 1.185 operacionais e 514 meios terrestres, acrescentou o oficial de dia da ANEPC, sublinhando que os incidentes não provocaram quaisquer vítimas.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) emitiu alguns avisos até domingo de manhã, altura em que o “mau tempo irá começar a desagravar”.

Segundo o IPMA, os distritos de Aveiro, Beja, Coimbra, Faro, Leiria, Lisboa e Setúbal vão manter-se sob aviso vermelho até domingo, devido à agitação marítima.

Já os distritos de Bragança, Viseu, Guarda, Vila Real, Viana do Castelo, Castelo Branco e Braga estão com aviso laranja para queda de neve até domingo de manhã.

Porto, Aveiro e Coimbra ficam sob aviso amarelo de queda de neve até domingo.

Leia Também: Família portuguesa resgatada em Espanha após ficar presa na neve

Fonte: Notícias ao Minuto

Scroll to Top